Mind blow: o tema de Super Mario tem letra!

Tá aí algo que me surpreendeu. O tema de Mario tem letra! Tudo bem que é em japonês e eu não entendi nada, mas ela existe. Essa letra saiu num vinil lançado pela Nintendo em 1985, que suponho deva valer milhões hoje em dia, se ainda existir alguma cópia.

15 imitações de Star Wars em 3 minutos

O episódio 7 de Star Wars tá quase aí. Um youtuber chamado Charlie Hopkinson fez um vídeo com suas imitações de Star Wars. Devo admitir que ficaram muito boas.

Vai começar a Yellow Black Friday na Saraiva!

A Black Friday é uma data que ano a ano vem sendo aguardada pelos consumidores brasileiros. A “moda” pegou por aqui e muita gente (eu incluso) já começa a ficar de olho nos preços de produtos que gostaria de comprar para aguardar as promoções na sexta feira mais esperada de novembro. Já tenho uma listinha preparada pra quando as ofertas aparecerem.

A maior barganha que já consegui até hoje foi um iPad Mini por R$650,00 na Saraiva. Lá mesmo também consegui um MacBook com um desconto considerável. Esse ano eles vão fazer de novo a Yellow & Black Friday tanto no site www.saraiva.com.br quando nas lojas físicas, que são mais de 100 espalhadas pelo Brasil.

ybf

Como já é de costume, estarei aqui e no Twitter fazendo a curadoria e só pescando as melhores ofertas pra divulgar pra todo mundo. A mão que quebra o porquinho chega a tremer! Confira alguns produtos que estarão entre as ofertas:

DVD Jornada Nas Estrelas – A Série Clássica Completa – 23 Discos

DVD Coleção Trilogia o Senhor Dos Anéis – 3 Discos

iPhone 5C 8Gb Branco Apple

Smartphone Asus Zenfone 2 Prata Tela 5.5″ Android 5 Câmera 13Mp Dualchip Intel Atom Quad Core 16Gb

Review: iPhone 6S

IMG_3378

Seguindo sua tradição de sempre lançar um “meio upgrade” antes de um modelo novo propriamente dito, a Apple nos mostrou em setembro de 2015 o iPhone 6S. A cada dois anos a empresa foca mais em fazer melhorias no modelo anterior do que lançar um novo aparelho propriamente dito. Foi assim com o 3G/3GS, 4/4S, 5/5S e agora com o 6/6S. Se a grande mudança ano passado foi o aumento do tamanho da tela e a chegada do 6+, esse ano, externamente quase não dá pra diferenciar o 6 do 6S. As grandes mudanças mesmo são internas. Mas vale a pena migrar para o 6S? Vamos descobrir.

Continue lendo »

Nota final: 9,2

Prós

– Design
– Resistência a água
– Câmeras
– Desempenho
– 3D Touch

Contras

– Preço
– Bateria

Notas individuais

Design 10,0
Tela 9,0
Câmera 9,0
Desempenho 10,0
Bateria 7,5
Conectividade 10,0

Review: o novíssimo MacBook 12″

IMG_3362

Quando chegou a hora de escolher um MacBook novo, não pude deixar de me interessar pelo novíssimo “MacBook”, lançado recentemente pela Apple. Ele é chamado assim mesmo, apenas de MacBook, integrando a família que agora tem ele, o MacBook Air e o MacBook Pro. No ato do seu lançamento, um misto de surpresa e desconfiança tomou conta dos entusiastas. De um lado, o design sensacional. Fino, leve, quase uma folha de papel. Uma evolução surpreendente do que foi o MacBook Air. Por outro, apenas uma porta USB-C, tecnologia ainda não espalhada no mercado, baixo desempenho para tarefas mais pesadas e um preço elevado para o que muitos chamaram de “NetBook overpriced”. Como já tive tanto o Air quanto o Pro, resolvi arriscar e neste review vou dizer o que achei do MacBook até o momento.

Continue lendo »

Nota final: 8,7

Prós

– Peso
– Bateria
– Design
– Tela

Contras

– Preço
– Desempenho modesto
– Apenas uma porta USB-C

Notas individuais

Design 9,0
Tela 10,0
Câmera 10,0
Desempenho 6,5
Bateria 9,0
Conectividade 8,0

Netflix tem que pagar imposto, sim.

netflix-flat-logo

Uma enorme discussão está sendo gerada entre políticos e usuários sobre a tributação de serviços de Streaming, como o Netflix ou o Spotify. Atualmente, as empresas operam normalmente sem o recolhimento de imposto pelo serviço prestado. De antemão já peço desculpas caso eu fale alguma bobagem sobre a cobrança dos impostos, pois não sou especialista na área. Só quero demonstrar o meu ponto de vista sobre achar correta a cobrança dos impostos para o Netflix e qualquer outro serviço similar.

1) Em primeiro lugar, a Netflix não é sua amiga. Nem ela nem nenhuma outra empresa. Por mais bacana que eles sejam na Internet ou por melhor que seja o serviço, eles continuam sendo uma empresa que deve recolher os impostos normalmente. Hoje, com as redes sociais, as empresas buscam uma “relação mais próxima e humana” com os clientes. Acho válido, mas no fim eles só querem o seu dinheiro. O que é justo, é uma relação honesta. Ainda mais quando o serviço é bom e bem prestado como é o caso do Netflix. Mas não defenda a empresa por pura paixão. Os memes e emojis não pagam a fatura.

2) O valor pago pelo Netflix é baixo e acessível. O imposto que se estuda não será absurdo e o valor refletido no final será pequeno. Falam algo entre 0,60 centavos a 1,50 reais. Certamente o Netflix vai repassar o imposto no valor final da fatura, mas o serviço continuará sendo acessível mesmo com a cobrança do imposto.

3) “Estou farto de pagar impostos”. Eu também estou. Mas estou mais farto ainda de ter esses impostos sendo mal utilizados. A questão não é o quanto se cobra de imposto, apenas, é como esse imposto é aplicado. Ao invés de questionar o motivo do Netflix pagar o imposto, deve-se questionar COMO e ONDE esses impostos serão cobrados e mais importante, como serão aplicados.

4) Não faz sentido empresas de fora do país operarem aqui normalmente sem recolhimento de impostos. A analogia que eu faço pode parecer exagerada, mas é como uma espécie de colonização digital. Elas faturam aqui dentro e não há impostos revertidos para a população. Não vejo muita diferença entre levar nosso ouro ou nosso dinheiro.

5) Os impostos são importantes. São eles que poderão financiar educação, moradia, saúde, tudo o que o cidadão precisa para uma vida digna. A questão aí é a forma como esses impostos são aplicados e cobrados hoje em dia. Há setor que não paga nada, há setor que paga imposto demais. Uma reforma tributária é extremamente importante para equilibrar essa conta. Por exemplo: o governo aumentou a isenção tributária para Igrejas, que arrecadam em um ano, MAIS DE 20 BILHÕES DE REAIS. O problema não é só o imposto do Netflix, o buraco é muito mais embaixo mas parece que a gente só consegue enxergar a pontinha do Iceberg.

Comentários abertos a discussão.

Manifesto por smartphones com telas menores

maxresdefault

Eu sou um cara alto para os padrões brasileiros, com 1,86m. E pelo DNA do meu avô, fui presenteado com uma mão enorme. Mas, apesar disso, nado contra a corrente quando falamos de telas em smartphones.

O aumento das telas foi um caminho natural, introduzido inicialmente pela Samsung, e copiado por todas as outras marcas. O paradigma de Steve Jobs foi deixado de lado até mesmo pela Apple. Ele dizia que o smartphone deveria ter um tamanho que permitisse a pessoa manuseá-lo com apenas uma das mãos. E realmente isso é bastante confortável, mas a mudança na forma como os conteúdos são exibidos e produzidos provocou um crescimento de quase 100% no tamanho das telas, desde que o primeiro iPhone foi lançado.

A questão é que os fabricantes produzem os aparelhos, mas parecem pensar que todos os usuários são iguais. Em termos de software, isso é menos complicado, é muito mais fácil fazer qualquer adaptação modificando o código. Já o hardware envolve toda a engenharia e construção do aparelho, de maneira que modificações exigem tempo de pesquisa, desenvolvimento e produção.

O problema é que as pessoas são diferentes. Existem pessoas altas e baixas, de mãos grandes e mãos pequenas. Existem pessoas que não tem as duas mãos. Existem crianças, existem mulheres, que tem as mãos menores. E smartphones gigantes não são confortáveis para todos eles. Então, o que eu gostaria de pedir é que as empresas olhem pra esse público com mais carinho, também. Não é pra parar de fabricar smarts com essas telas maravilhosas QuadHD ou até mesmo 4K, com 5,5″ ou até 6″. Mas uma telinha de 4,5″ FullHD também não seria nada mal.

Parece um contrassenso escrever isso, mas eu, mesmo com mãos enormes, não me sinto confortável com smartphones grandes demais. Recentemente desisti de um modelo top de linha por ser extremamente pesado e grande. Causou dores na minha mão. Talvez eu seja vítima do paradigma de Jobs.

Portanto, em prol daqueles que possuem mãos pequenas, ou simplesmente não gostam de telas muito grandes, pedimos: empresas, pensem nisso.

Review: Moto X Play

A Motorola recentemente renovou sua linha de smartphones, com os novos modelos de Moto G e Moto X. Dois novos aparelhos surgiram, para públicos distintos. O Moto X Play, objeto desse review, e o Moto X Style. O Moto X Play, no papel, possui um conjunto que tem tudo pra agradar os consumidores. Câmera de 21MP, bateria enorme e tela FullHD. Mas e na prática, isso se concretiza? Vamos descobrir.

mp1

Continue lendo »

Nota final: 8,2

Prós

– Design elegante
– Bateria absurdamente boa
– Câmera
– Preço

Contras

– Desempenho fraco
– Peso e largura

Notas individuais

Design 8,0
Tela 8,0
Câmera 8,5
Desempenho 7,0
Bateria 10,0
Conectividade 8,0

UmXis1

< >
Topo