10 razões para preferir os gatos aos cachorros

Eis a réplica feita por @zenzi para o post dos cachorros. Como esse blog é democrático, nada mais justo que abrir espaço para quem prefere os bichanos aos latildos. Eis as 10 razões dela para preferir gatos:

1) Gatos fazem cocô e xixi na caixa de areia desde o primeiro dia em que chegam na sua casa. Pra isso, basta você colocar uma caixinha de areia num lugar acessível, mostrar ao gato a existência dela que naturalmente (e literalmente) a coisa vai fluir. Cachorros precisam ser levados pra rua pra fazer cocô e xixi, sem falar que, se você é educado e consciente, vai precisar levar pazinha e sacolinha pra recolher os sólidos do seu cãozinho.

2) Gatos são independentes. Algumas pessoas acham isso o pior do gato, mas pense bem: imagine ter que sair pra trabalhar todos os dias e deixar seu cãozinho sozinho em casa. Pode ter certeza, ele vai ficar deprimido e quando você chegar do trabalho, ele vai estar mais needy que o normal. Gatos se dão bem sozinhos, dormem enquanto você trabalha e não são tão carentes quanto cachorros. A não ser, claro, que seu gato seja meio cachorro. Mesmo assim, longe de ficarem deprês.

3) Gatos vivem bem em apartamentos. Cachorros precisam de rua pra não surtar, então você precisará passear com ele diariamente (até pra ele poder fazer xixi e cocô). Sem contar que é uma sacanagem com o pobre do cachorro deixá-lo preso num apartamento o dia inteiro. Cachorros precisam de quintal pra correr, cavar buracos e enterrar coisas. Gatos gostam de sair pra farra à noite, mas vivem muito bem sem isso.

4) Gatos tomam banho sozinhos. Cachorros precisam de banho, tosa, limpeza constante. Gatos são auto-limpantes. Claro que umas duas a três vezes por ano é legal dar um banho de água e xampu no seu gato pra ele ficar cheirosinho, mas é completamente dispensável.

5) Gatos não fedem. Criadores de cachorros, não adianta: cachorros fedem, só vocês não sentem.

6) Gatos não latem. E nunca um miado de gato incomoda tanto quanto um latido de um cachorro mimado.

7) Gatos não lambem o dono. Há quem goste dessa lambança de cachorro, né? Claro que é ótimo seu cachorrinho te receber com festa, mas eu dispenso a lambeção.

8) Gatos não mordem as visitas. Típico de quem tem cachorro é dizer a quem chega em casa “ele não morde”. Não morde você, que é dono dele. Eu já fui mordida por um poodle virgem sem ter feito nada com ele. Cachorros podem atacar quem “invade” seu território, são completamente imprevisíveis.

9) Gatos não mordem tudo que vêem pela frente. Ao contrário dos cachorros, que comem sofá, sapato, bolsa, gatos não mordem nada disso. Sofás são um problema pra gatos que não têm onde afiar as unhas (coisa que eles precisam muito, diariamente), mas isso é facilmente resolvido com educação. Educá-los a afiar as unhas num pedaço de madeira, num arranhador ou em qualquer outro canto é a melhor saída.

10) Gatos não precisam de muito pra se divertir. Nada de brinquedos caros, o que faz a cabeça dos gatos é mesmo uma bolinha de papel. Quer ver um gato ligadão e faceiro? Faça uma bolinha de papel e jogue pra ele brincar. Vai dormir cansado.

Veja também

<>

Comentários

Topo