Yahoo se associa a jornais impressos para vender publicidade

Em tempos de crise, vale atirar para todo lado. Dando uma reviravolta no mundo da publicidade, a Yahoo associou-se a jornais impressos para vender mídia on-line.

Terry Widener esteve vendendo anúncios em jornais pelos últimos 35 anos. Mas até o último outono, a Sra. Widener, uma vendedora de 53 anos do The Knoxville News Sentinel em Knoxville, Tennesee, jamais havia vendido um anúncio na Internet.

Então, em uma blitz de duas semanas de vendas com a intenção de testar uma parceria inovadora entre jornais e o Yahoo, ela convenceu anunciantes a comprar US$200.000,00 em anúncios on-line que serão veiculados no site do jornal e no Yahoo. Isso representa 1/7 do total que ela consegue vender normalmente em um ano. “Eu sou da velha guarda”, disse a Sra. Widener. “Foi uma experiência muito interessante. Espero que eu venda cada vez mais anúncios on-line.”

Notícias como essa surgem em um momento crucial no mercado da publicidade. Empresas e agências de mídia ainda buscam encontrar um modelo ideal para esse setor e a crise mundial trouxe diversos pontos de interrogação para a mídia on-line. A alternativa proposta pelo Yahoo pode ser um divisor de águas, mostrando que a fusão entre o mundo on-line e o offline talvez seja a única saída para dar sustentação ao mercado global de publicidade.

Fonte: NY Times

Veja também

<>

Comentários

Topo