Ya me gusta la gasolina

Quando eu era criança, meus super heróis favoritos eram He-Man e o Superman, apesar do Superman usar uma sunga por cima do maiô e do He-Man viver de tanga de franjinha e bezuntado em óleo de bronzear. Hoje em dia, os heróis das crianças em sua maioria são bonecos japoneses com mal gosto para vestuário e olhos puxados artificialmente.

Transformers não é uma coisa nova, mas depois dos filmes a hype em torno dos robôs gigantes cresceu absurdamente. Ou entao foi a Megan Fox de sainha. Eu discordo quando dizem que jogos, filmes, etc. podem influenciar negativamente as crianças. Vejam essa notícia:

The youngster was so impressed that he began drinking fuel on a daily basis to “obtain energy” and become a mighty warrior like the Transformers. “Since my son start to drink gas, his intelligence quotient dropped sharply and he couldn’t figure out addition and subtraction of sums within 100,” the father said. “Before that, he was a very smart boy, and he could even repair the television. But now he doesn’t know the answer of 7 plus 17.”

Ou seja, basicamente um garoto ficou tão impressionado com o filme que começou a beber gasolina para ver se acumulava energia pra virar um transformer quando crescesse. A declaração do pai é ótima: ‘Desde que meu filho começou a beber gasolina, seu QI caiu bastante e ele não consegue mais fazer adições e subtrações em somas de 100. Antes disso, ele era um garoto muito esperto e podia até mesmo consertar a TV. Mas agora ele não sabe a resposta de quanto é 7 + 17.’

Vejam bem, pesam contra o garoto o fato dele começar a beber gasolina achando que ia virar um Transformer. Isso já mostra que ele não devia ser lá muito abastado intelectualmente antes mesmo de começar a sorver o derivado de petróleo. Ponto positivo para ele pelo fato de pouca gente saber quanto é 7 + 17. Também não é de se estranhar que isso tenha ocorrido na China. As chances eram de 20%, oras.

Via: Geekologie e RussiaToday

Veja também

<>

Comentários

Topo