Windows 7 – Segunda Parte

Continuando a análise superficial do Beta do Windows 7, navegamos através de algumas ferramentas que vieram embarcadas no sistema operacional, bem como analisamos a mudança do layout de alguns menus conhecidos das versões anteriores do Windows.

controlpanel

O painel de controle, continua seguindo o padrão adotado desde o Windows XP, utilizando o esquema de grupos de serviços.

Porém, a novidade é que não há mais o link no canto superior esquerdo da janela para alternar para o modo de exibição clássico.

Na parte de baixo da janela, há um botão com a opção “All control panel items”, que permite visualizar todas as opções do painel de controle. Um botão substituiu a opção antiga e agora chama-se “Control panel home”, que leva o usuário de volta a opção por categorias do painel de controle.

Outra modificação bem mais importante foi o contexto do menu iniciar no que se refere a ligar e desligar a máquina. O botão de turn off desapareceu, e agora temos apenas uma janela textual com as opções bem definidas para evitar erros do usuário.

shutdown

Parece ser uma bobagem, mas pensando do ponto de vista do usuário, quando mais simples melhor.

Toda alteração que visa facilitar a vida dos mais leigos e minimizar os erros que eles venham a cometer é bem-vinda.

Ainda dentro do menu iniciar, pudemos observar a inclusão de duas ferramentas bem úteis, que podiam ser utilizadas através de programas de terceiros, e agora vem incorporadas ao sistema operacional.

Uma é o Post-It, no Windows Seven chamado de Sticky Notes (algo como notinhas grudentas). Com ele você pode manter aquelas notinhas de rodapé para lembretes rápidos grudadas em sua tela e lembrar você das suas tarefas importantes.

A Snipping Tool foi incluída para ajudar quem quer tirar print screen de imagens ou mesmo de pequenas partes da imagem, como pode ser feito através dessa ferramenta. Escolha o tipo de corte, marque a área desejada e pronto! O programa pegará a imagem da clipboard e permitirá que seja salva em formato de imagem (.jpg por exemplo) ou até mesmo HTML. Nas imagens abaixo temos uma demonstração das ferramentas em funcionamento.

Ferramentas como essas, por mais simples que possam parecer são extremamente necessárias no dia-a-dia e ajudam a resolver problemas simples.

snippingtool2

 stickynotes1

 Conforme dito na parte anterior do Review, o Wordpad recebeu os novos layouts de menu baseados no Office 2007, o que deu um pouco de fôlego a ferramenta, como pode ser observado na imagem seguinte.

wordpad

submenus

Outras duas coisas importantes observadas foram os sub-menus no menu iniciar para os últimos programas utilizados. Agora o usuário pode escolher um dos últimos programas utilizados no menu iniciar e um sub-menu na mesma janela irá abrir mostrando quais foram os últimos arquivos editados com aquele programa.

Um facilitador para abrirmos os últimos documentos com os quais trabalhamos sem ter que abrir a ferramenta.

No Windows Explorer, o conceito de pastas também foi modificado para um grupo de tarefas semelhantes, com uma pasta favoritos. Porém, dentro dessa opção ainda encontra-se a mesma estrutura de diretórios do Windows Vista, com Downloads, Favoritos, Documentos e demais opções.

Em breve traremos uma instância do Windows 7 instalada numa máquina real, com processador Core 2 Duo e 2Gb de memória, fazendo um comparativo de benchmark com o Windows Vista para dar novas impressões sobre o Windows 7 num contexto mais realista.

Veja também

<>

Comentários

Topo