Utilidade Pública: BIT não é BYTE (acredite!)

Nesse link postado no Twitter (follow eu aê!) pela @Rosana, O Globo fala sobre o final da Campus Party, o evento de tecnologia ocorrido em São Paulo durante a última semana. A matéria é assinada por Eduardo Almeida. Como o nosso caro jornalista escreve sobre tecnologia mas parece não entendê-la bem, eu vou fazer um favor a ele e a todos que não sabem diferenciar ordens de grandeza (valeu @eduardomps) quando se tratam de dados.

Na matéria citada nosso amigo Eduardo fala que a Campus Party contou com um link de 10Gigabytes para prover acesso à Internet de alta velocidade para os campuseiros. Das duas uma: ou nosso amigo não sabe o que está falando ou realmente a Matrix foi hospedada no evento, pois eu imagino que o link tenha sido de 10Gigabits. Existe uma ENORME diferença entre Bit e Byte que as pessoas que trabalham com tecnologia ignoram sumariamente. Portanto, vamos a matemática básica dos dados para que jornalistas como o nosso amigo não cometam mais erros:

A menor unidade de medida para armazenamento de dados é o BIT.

1 Byte = 8 Bits
1 KByte = 1024 Bytes
1 MByte = 1024 KBytes
1 GByte = 1024 MBytes
1 TByte = 1024 GBytes

E assim sucessivamente até chegarmos na ordem dos porrilhões de bytes. A diferença é que quando falamos de Internet, a ordem de grandeza para medida é em BITS. Portanto, quando um “técnico da velox” fala em internet de 1 Mega ele refere-se a 1Mbit, que equivale a 1.024Kbits de largura de banda. Sabendo que um byte (que eu gosto!) tem 8 bits, é só dividir os 1.024 por 8 e você sabe que poderá trafegar dados até 128kbytes/s. E isso considerando que 100% da banda seja disponibilizada, o que é virtualmente impossível por diversos fatores envolvendo a tecnologia usada na conexão e o meio físico.

Outro detalhe: as conexões usadas para acessar esse link foram wireless (suponho que em sua maioria de 54mbits) ou ethernet de 100mbits. Poucos laptops possuem placas gigabit/ethernet e não creio que o evento tenha disponibilizado switchs gigabit para os campuseiros dado o seu alto custo. Dizer que o link era de 10gigabytes é considerar que você poderia arrastar a ISO de um Blu-Ray instantaneamente para o seu desktop, em teoria.

P.S.: Se o link era mesmo de 10gigabytes, peço desculpas ao nosso amigo Eduardo.

Veja também

<>

Comentários

Topo