Será que preciso de um HD externo?

Vivemos num mundo em que somos bombardeados diariamente com toneladas de informação. É muita coisa para ler, ver, armazenar, lembrar, etc. Se antes estávamos habituados com computadores com Hds de 10 ou 20gb até coisa de cinco anos atrás, hoje em dia se compramos um computador com HD de 160gb já torcemos o nariz.

É daí que surge a necessidade de possuir uma mídia externa, como um pendrive ou um HD. Precisamos constantemente transportar grandes volumes de dados para todos os cantos. Temos computadores no trabalho, na escola, na faculdade, em casa, e até o celular virou um computador. A compatibilidade entre esses equipamentos é fundamental para facilitar o nosso dia a dia em meio a tantos gadgets e hardwares.

Como saber qual é o seu perfil de armazenamento para comprar o hardware correto? Eu acho essa fórmula até simples. Se você nunca teve que se desfazer de MP3 de estimação ou não sofre constantemente com a necessidade de gravar DVDS ou fazer backups em outras mídias, tudo isso para liberar uns megabytes a mais no seu HD, você provavelmente não precisa de um HD externo. Um pendrive com um bom tamanho, de 8 ou 16gb fará muito bem o trabalho para que você consiga transportar dados importantes.

Se você passa pela situação acima constantemente, você necessita com urgência de um HD Externo. Nada impede que você expanda os HDs do seu desktop, mas isso não lhe dará mobilidade. Possuindo um HD externo você pode não só aumentar sua capacidade de armazenamento, como ganhar a mobilidade.

Há algumas opções boas no mercado com produtos fabricados por marcas conhecidas no mercado de armazenamento, como Iomega, Seagate e Samsung. Estes vem inclusive com alguns softwares para gerenciamento desses arquivos e para backups agendados.

21400777_4

Uma boa opção é o Ego Silver de 250Gb da Iomega, um disco externo que é alimentado pela USB e dispensa fonte externa, facilitando o transporte. O preço está bem interessante, custando R$399,00 o disco possui uma boa capacidade de armazenamento, o suficiente para guardar mais de 50.000 músicas ou mais de 300 filmes em DIVX.

Outra opção interessante é você comprar um HD Sata de 3.5″ ou de 2.5″ (notebook) avulso e comprar um case para montá-lo por conta própria. Nesse caso, o HD externo sai mais em conta, porém perde no quesito qualidade em relação ao case, que normalmente utilizam material mais barato e menos resistente do que os cases produzidos de fábrica por marcas conhecidas. Porém, muitos desses cases genéricos não deixam a desejar e cumprem muito bem o seu papel na hora de proteger o seu HD e fazer a comunicação com o seu computador.

Um case externo para HDs de 3.5″ (desktops) custa em média entre R$60,00 e R$100,00 dependendo da marca e da qualidade. Já para os HDs de 2.5″ (notebooks) o custo é bem menor, pois o case dispensa fonte de alimentação externa o que acaba barateando o equipamento. A diferença é que os HDs de notebook são mais caros e possuem menos espaço, mas ganham na questão da leveza e da mobilidade.

Eu particularmente prefiro montar meus próprios HDs externos, pois normalmente encontramos HDs de 500gb de 3.5″ por aproximadamente R$150,00. Ou seja, com em média R$250,00 podemos ter uma pequena storage de meio terabyte para armazenarmos mais de 100.000 músicas ou mais de 500 filmes.

Veja também

<>

Comentários

Topo