Quem fabricou mais computadores em 2008?

Segundo Tomi H. Ahonen num texto publicado no portal Communities Dominate Brands foi a Nokia. Nestes tempos de convergência digital onde a cada dia nossos celulares recebem mais funções e ficam mais completos isso não é difícil de aceitar.

Comparando as vendas de desktops, smartphones, PDAs e somando inclusive as vendas de mainframes e mini PCs de Outubro de 2007 a Setembro de 2008 vemos que a Nokia superou a HP e DELL (tradicionais líderes no comércio de computadores).

EmpresaUnidades (Milhões)(%) do Mercado
Nokia64,113,80%
HP55,211,90%
Dell43,89,40%
Apple357,50%
Acer30,86,60%
Lenovo22,14,70%
RIM19,84,20%
Toshiba12,92,80%
Outros181,939,10%
Total465,5100%

Apesar da presença de microprocessadores em todo telefone básico, videogames modernos e até mesmo nos receptores de tv de sua casa, apenas os smartfones atuais possuem todos os componentes chave para serem considerados computadores. Eles possuem CPU, memória, unidade de armazenamento, dispositivos de entrada e saída, sistema operacional e softwares que podem ser baixados e instalados pelo usuário.

Se você ainda não está satisfeito em considerar os smartphones um computador pense que os smarfones de hoje em dia têm configuração que barra até alguns supercomputadores de 20 anos atrás. Para servir de exemplo a velocidade de processamento de um smartfone atual beira os 1.000MIPS (Milhões de Instruções por Segundo). Esta é a velocidade que o supercomputador Cray 2 atingia. Seu antecessor, o supercomputador Cray 1 atingia apenas 150MIPS.

Os smartfones atuais usam sistemas operacionais como o Windows, Linux e até mesmo versões simplificadas do Macintosh OSX nos iphones. Exemplos como estes validam a hipótese que os smartfones de hoje em dia nada mais são que computadores de bolso.

De acordo com o pensamento de que um smartfone é um computador, se levarmos em conta apenas os 61 milhões de dispositivos que rodam Symbian S60 vendidos pela Nokia vemos que este número supera com folga os 55 milhões de computadores vendidos pela HP.

Fonte: Communities Dominate Brands

Veja também

<>

Comentários

Topo