Professores do futuro?

Todo mundo tem medo de ser substituído. As máquinas estão realizando um número absurdo de atividades que antes eram realizadas por pessoas. É assim desde a revolução industrial, e aparentemente deve haver uma Lei de Moore para substituição de pessoas por máquinas e sistemas.

Cada vez que uma nova tecnologia é lançada, o número de pessoas que é substituída por essa tecnologia aumenta. No Japão, especialista em criar robôs ultra-modernos, a novidade é uma robô humanóide utilizada para lecionar. Ela tem capacidade de expressar emoções, designar tarefas e pode falar diversos idiomas.

Acho ser de certa forma impossível susbtituir um professor e o seu feeling, sua expertise em anos dentro da sala de aula. Mas uma coisa eu tenho certeza: se essa professora robótica não servir para dar aula, já sabemos o que utilizar para punir alunos desordeiros. É só trancar eles num quarto escuro junto com essa belezoca:

A capacidade que os japoneses tem de criar robôs assustadores impressiona. Olhem bem esse gatinho aqui. Fofo não é mesmo? Agora imagine uma noite chuvosa, você sozinho(a) em casa e esse gato from hell miando pra você:

E pra completar, que tal adotar uma criança? Só não recomendo esse filhote de cruz-credo com aborto de girino aqui:

Via: Gizmodo

Veja também

<>

Comentários

Topo