Os gadgets portáteis de ontem são os descansos de porta de hoje.

A medida que a tecnologia vai avançando, os equipamentos vão melhorando de desempenho, diminuindo de preço e tamanho e ficando cada vez mais portáteis. Isso acontece com praticamente tudo o que está a nossa volta, exceto equipamentos que não são portáteis por natureza, como geladeiras, televisores (apesar das TVs estarem nos celulares) e outros eletrodomésticos.

E quais foram os gadgets portáteis do passado que hoje servem apenas como peça de museu ou como descanso de porta?

relogio1

Relógio Calculadora Casio: parte relógio, parte calculadora, parte repelente de mulheres. Típico relógio dos nerdões de outrora, que se gabavam de poder fazer a conta do lanche na cantina através do pulso.

camera

Câmera Super 8: melhor amiga dos filmes caseiros (sem pensar bobagem, ok?) de antigamente, essas câmeras foram febre durante muito tempo. Hoje temos filmadoras de alta definição que cabem na palma da mão e armazenam horas e horas de filmagens.

tv

TVs portáteis: acampar não tinha a menor graça sem uma tv dessas. Que pegava um sinal horrível, tinha uma imagem tosca e geralmente era em preto e branco. Hoje os ipods e celulares fazem esse papel em cores e com muito mais qualidade.

headphone

Headphone com rádio AM/FM: completamente bizarro, servia apenas como protetor auditivo. Ouvir rádio com um trambolho desses na cabeça devia ser pra lá de estranho. Imagina fazer cooper com isso?

boombox

Boombox: muito utilizado em filmes, o rádio estilo Boombox é marca registrada dos filmes da década de 1980. Todo malandro que se garanta tinha que desfilar com um treco desses pelo meio da rua, só não vinha escrito no manual que uma cirurgia auditiva seria necessária logo em seguida.

Para ver outros “gadgets portáteis”, clique aqui.

Veja também

<>

Comentários

Topo