Netbooks + Android + Banda larga móvel num futuro próximo

Como citamos aqui anteriormente, os Netbooks ainda encontram-se num patamar de preço que trás sérias dúvidas em relação ao seu custo benefício, pois a maioria custa o mesmo que um Notebook bem mais potente e poucos tendem a pagar o mesmo por menos, ganhando apenas na questão do peso.

Porém, o mercado de Netbooks em 2008 foi de 10 milhões de unidades e tende a mais do que dobrar em 2009. Alguns fatores contribuem para isso, entre eles a divulgação de que a HP pode vir a utilizar o Android (sistema operacional do Google) em alguns de seus Netbooks, em detrimento do Windows.

Como o Android possui kernel linux-based, isso já afetaria o preço final dos equipamentos. Outro ponto importante é que 90% dos Netbooks possuem chips Intel (e Windows), mas a empresa britânica ARM vai ser um novo “braço” (entenderam a piada?) na batalha para diversificar o mercado e baixar ainda mais os preços.

Os processadores da ARM são equivalentes ao Intel ATOM em termos de potência, porém consumindo menos energia, o que faz com que as baterias durem mais (o que é ótimo). Tudo isso custando uma fração do preço dos processadores da Intel, o que poderia trazer segundo as pesquisas os preços dos Netbooks para a casa dos 50 a 100 dólares.

Qual é o impacto disso tudo? Você em breve (aqui no Brasil não sei, mas lá fora com certeza) vai ter associado ao seu serviço de telefonia/banda larga um Netbook que virá gratuitamente dependendo do plano contratado.

Essa é a opinião de ninguém menos que Silvio Meira, que pode ser lida em seu blog nesse link aqui.

Veja também

Novos MacBooks!

A Apple anunciou hoje novos MacBooks, com novos processadores Core m7 da […]

<>

Comentários

Topo