Mundo Livre S/A

Olá pessoal, passei um tempo longe da coluna, mas estou de volta. Entretanto, desta vez eu não vou falar do Linux, ou de softwares livres. O assunto desta semana é a liberdade de produção cultural, bem como a manifestação artístico-cultural. Alguns de vocês já devem estar sabendo, mas o site Legendas.tv saiu do ar nesta semana. Mas o quê realmente aconteceu?

Legendas.tv
Legendas.tv

O Legendas.tv é um dos sites mais populares de distribuição de legendas de filmes e seriados inéditos, com o intuito apenas de difusão cultural para pessoas que não falam um segundo idioma, muitas vezes o inglês. O site é um serviço de extrema importância e qualidade, tendo em vista que muitos filmes e seriados demoram meses e até anos para serem exibidos no Brasil.

No dia 1° de Fevereiro, após uma ação do da Associação Anti-Pirataria Música e Cinema, APCM, o site foi retirado do ar. A APCM, que representa os interesses da Universal, Warner, SonyBMG, Disney, Fox, Paramount, entre outras, conseguiu a retirada do site do ar, após ameaças feitas ao seu datacenter.

De acordo com os administradores do Legendas.tv, embora a APCM tenha feito sua reclamação baseadas na DMCA (Digital Millennium Copyright Act), ela foi completamente mal elaborada. A APCM não pediu a remoção de nenhum material especifico (o que é comum pelas regras da DMCA), mas pediu que o acesso ao servidor fosse terminado.

A reação de alguns fãs foi quase que imediata. Nesta ultima segunda-feira, dia 2, um grupo de hackers invadiu o site da APCM. Pop-ups no site avisavam “Downloads Livres”, e quando clicados, os visitantes eram re-direcionados para os downloads do Mininova.

No início de 2009, a APCM declarou que as legendas do site eram utilizadas na produção e comercialização de DVDs piratas. O que foi negado pelos administradores mais cedo.

Pirataria é crime!
Pirataria é crime!

Hoje, foi iniciado um manifesto contra as ações da APCM. O “Manifesto de Apoio ao Legendas.tv e à Produção Amadora de Legendas em Idioma Português” pode ser encontrado aqui. Até o final da tarde de hoje, haviam mais de 720 assinaturas.

É irônico citar que, ao contrario do site da APCM, o site Legendas.tv ainda está operante, mesmo quem em um formato “Lite”, e não para por aí. “Voltaremos com o site completo até o fim da semana, mais fortes que nunca”, comentou  um dos administradores do site.

Veja também

<>

Comentários

Topo