Leitores: decidindo o que é bom para eles desde 5.000 AC

A concorrência é inerente a qualquer coisa bem-feita. Quando não há concorrência, a gente se acomoda, para de estudar, de desenvolver, de progredir. Se não houvesse disputa ainda estaríamos rabiscando paredes em cavernas. A concorrência, a disputa por um maior espaço é parte da natureza, não digo da natureza do ser humano, mas dela como um todo. A Internet é um grande Ecossistema, regido por regras, algumas criadas por nós, outras que surgem naturalmente oriundas das características próprias do sistema em si.

Quando se trata de ganhar dinheiro com blogs, a concorrência é fundamental. É ela quem fez com que blogs comprassem domínios próprios, hospedassem suas páginas em servidores mais rápidos e transformassem blogueiros de fim-de-semana em pessoas que ficam horas por dia on-line buscando conteúdo interessante para seus leitores e desenvolvendo idéias, transformando-as em pensamentos e opiniões. Trabalhar para destruir o concorrente é nocivo. A Internet é um grande ser vivo e nós somos pequenos microorganismos dentro dele. Não adianta atacar o organismo, devemos agir como anticorpos e não como parasitas.

Voltando ao assunto concorrência, existem dois conceitos que devem ser entendidos e aproveitados por quem quer blogar e ganhar dinheiro com isso (apesar do conceito se aplicar a QUALQUER área de negócio). São as Forças Competitivas e as Vantagens Competitivas. A teoria das Forças Competitivas é conhecida como a Teoria das 5 Forças de Porter. Leiam o link, não vou detalhar para não me estender muito. As Vantagens Competitivas são aquelas que mostram ao leitor, porque o seu blog, comparado aos demais blogs que tratam do mesmo assunto, é melhor do que eles (e consequentemente te fará reter esses leitores acessando sempre o seu blog).

Vale ressaltar que essas duas características estão presentes baseando-se principalmente na livre concorrência. O leitor é livre pra escolher o que ele quer ler, assistir, ouvir. Tentar dizer ao leitor o que é bom pra ele é dar murro em ponta de faca. Quem gosta de alguém dizendo “leia isso, faça isso, seja dessa forma”? Se você se preocupa apenas em desmerecer os outros, criará a antipatia de muita gente que discorda do seu pensamento. O que devemos fazer é produzirmos conteúdo interessante e de qualidade, que faça o próprio leitor ter a iniciativa de dizer “isso é bom”. a Coca-Cola não chegou onde chegou dizendo “Pepsi é uma merda” e sim dizendo “Coca-Cola é uma delícia”. Agindo dessa forma, com certeza você não só terá mais leitores, como terá leitores melhores.

Veja também

<>

Comentários

Topo