Laptop roubado? Notebook Guardian neles!

Um software chamado Notebook Guardian foi lançado pela empresa NotePolice, com o intuito de rastrear o seu Notebook em caso de roubo. O software é instalado no equipamento e permite que ele seja rastreado pela Internet caso o ladrão resolva acessar a rede com o equipamento roubado.

O usuário que adquirir o software pagará uma anuidade de R$90,00 e a empresa garante a devolução do equipamento em até 60 dias, caso contrário devolve o valor pago ao cliente. O rastreamento é feito exclusivamente em território nacional.

Segundo o site da empresa, o software trabalha da seguinte maneira (grifos em vermelho do BQEG):

Características Técnicas
O software atua de forma totalmente discreta e impersceptível, até mesmo para o mais experiente profissional de informática.
Após a instalacão do software e a configuração do equipamento, torna-se impossível_a_formatacão, sem que seja digitada sua senha de segurança.

Ok, eu parei de ler quando vi impersceptível escrito. E tenho muito medo do mais experiente profissional de informática que não irá perceber o funcionamento do sistema de forma “totalmente discreta”.

E eu gostaria muito de uma explicação formal da empresa com relação a “torna-se impossível a formatação” sem que seja digitada a senha de segurança.

Imaginei até um diálogo entre dois softwares com relação a isso:

HBCD: Oi, Notebook Guardian, eu sou o Hirens Boot CD, muito prazer!
NG: Hirens who? É da novela Caminho das Índias?

Observem o dialeto utilizado para explicar o procedimento em caso de perda ou roubo:

Como agir em caso de Perda ou Roubo
Primeiramente, procurar a delegacia de polícia mais próxima, e, formalizar um boletim de ocorrência, é importante que neste documento conste, que o equipamento possui um mecanismo de localização.
Após este procedimento, entrar em contato com nossa central de emergência, informando o ocorrido, o mais rápido possível, e um de nossos operadores, iniciará o processo de localização do equipamento.

Bem, nem preciso dizer que não pagaria 90 dinheiros por essa baboseira, e fico imaginando como o criador desse Çoftware vai ganhar dinheiro com isso, levando-se em conta que existem N possibilidades para burlar o funcionamento desse “sistema de segurança”.

Internet 3G? Oi?

Via: SystemIce através do Terra

Veja também

<>

Comentários

Topo