Estilingue atômico

No meu tempo de criança, brincar com estilingues para matar passarinhos e lagartixas ainda era uma coisa muito comum. Eu cansei de fazer os meus próprios cortando forquilhas de galhos de árvores e amarrando borrachas de fazer garrote (amarrar o braço pra tirar sangue) e câmara de ar de pneu de bicicleta cortada em tiras. A única parte chata é quando os moleques resolviam atirar uns nos outros (verdade).

Mas um sujeito sem muito o que fazer e aparentemente com grandes conhecimentos sobre estilingues fez uma parada simplesmente sinistra. É um estilingue metralhadora atômico:

Muito medo desse sujeito. Imagina esse cara brincando quando moleque? Joselito tem mais noção que ele.

Via

Veja também

<>

Comentários

Topo