Entenda o preço do PS4 no Brasil

Passadas algumas horas do impacto do preço do PS4 no Brasil, vamos aos fatos. Antes de mais nada, é preciso salientar que o que vou postar aqui foi fruto de consultas com especialistas em tributação, mas que não refletem 100% a realidade, pois não dá pra saber precisamente como foi todo o processo de importação do PS4. O fato é que a Sony tentou conversar com o governo brasileiro, pois o objetivo era lançar o PS4 simultaneamente aqui. A Sony já possui uma fábrica em Manaus (é de lá que vem o PS3 Slim brasileiro) e isso seria um facilitador para baixar os custos do PS4. Mas, segundo a própria Sony, o governo não deu muita bola.

light-gold1

O resultado é que pagaremos uma fortuna num videogame, pois a Sony não deixará de vender, porém terá custos maiores com a importação do produto. Só para vocês terem ideia, entre taxas, impostos e transporte, temos:

  • Frete
  • Seguro
  • Taxas de liberação
  • Armazenagem
  • ISS
  • Pis/Cofins
  • Desembaraço aduaneiro
  • Frete nacional
  • Marinha Mercante

Só essa parte, pode chegar a um valor de R$3.200,00. Isso mesmo, isso é o custo aproximado que a Sony tem pra importar o bagulho. Some a isso o custo do aparelho e BAM: chegamos aos R$4.000,00 que nos fazem o povo com o PS4 mais caro do mundo. Estamos ficando especialistas nisso, não é mesmo? O povo brasileiro pelo visto é rico pra caramba. A questão é que a Sony tentou argumentar com o governo e segundo eles próprios, não foi ouvida. Sendo assim, nos resta comprar a versão importada e extremamente overpriced, pois a Sony não vai deixar de vender e sempre haverá muitos trouxas por aqui no Brasil pra fazerem o papel de eartly adopters.

Nunca saberemos por completo quais foram os custos da Sony com a importação, não saberemos também até onde a empresa se esforçou de verdade para que tivéssemos um PS4 mais barato e também ficará eternamente na escuridão os motivos que levam o governo a não buscar soluções para desonerar tecnologia para o povo. No fim das contas, a Sony continuará faturando, o governo continuará arrecadando exorbitâncias em impostos que nunca chegarão até nós e pagaremos preços abusivos, ao que parece, eternamente.

Tecnicamente, tanto a Sony quanto o governo tem como justificar o preço. Moralmente? Aí a conversa é outra. Principalmente por um detalhe importantíssimo: o Xbox One, concorrente do PS4 continua sendo vendido pelos mesmos R$2.200,00 desde a pré-venda. Em tese, a Microsoft passa pelos mesmos processos que a Sony para trazer seu console. Eu pelo menos não ouvi falar de nenhum detalhe sobre fabricação de Xbox One no Brasil, por enquanto.

Ou seja: como podemos acreditar que de fato esse foi realmente o custo (por mais que conhecidos da área informem que sim, é possível) se o seu principal concorrente tem um console MAIS CARO nos EUA (400$ do PS4 e 500$ do Xbox One) mas consegue importa-lo para o Brasil por praticamente METADE do preço? Difícil explicar.

Minha recomendação é continuar com o PS3 um bom tempo. Eu ainda tenho uma porrada de jogos que sequer tirei do plástico ou zerei, portanto, não pretendo investir no PS4 tão cedo. E nem tenho 4 mil reais sobrando pra pagar num videogame. A quem se dispuser a tamanho investimento, boa diversão.

Veja também

<>

Comentários

Topo