Comparativo entre Presídio x Trabalho

Dizem que o trabalho engrandece o homem. Isso pode até ser verdade lá fora, mas no Brasil o que o trabalho faz mesmo é foder o cidadão. Como comparativo, vejam alguns exemplos de como é melhor ser presidiário do que trabalhar:

PRESÍDIO: você passa a maior parte do tempo numa cela 5x6m.
TRABALHO: você passa a maior parte do tempo numa sala 3x4m.

PRESÍDIO: você recebe três refeições por dia de graça.
TRABALHO: você só tem uma, no horário de almoço, e tem que pagar por ela.

PRESÍDIO: você é liberado por bom comportamento.
TRABALHO: você ganha mais trabalho com bom comportamento.

PRESÍDIO: um guarda abre e fecha todas as portas para você.
TRABALHO: você mesmo deve abrir as portas, se não for barrado pela segurança por ter esquecido o crachá.

PRESÍDIO: você assiste TV e joga baralho, bola, dama…
TRABALHO: você é demitido se assistir TV e jogar qualquer coisa.

PRESÍDIO: você pode receber a visita de amigos e parentes.
TRABALHO: você não tem nem tempo de lembrar deles.

PRESÍDIO: todas as despesas são pagas pelos contribuintes, sem seu esforço.
TRABALHO: você tem que pagar todas as suas despesas e ainda paga impostos e taxas deduzidas de seu salário, que servem para cobrir despesas dos presos..

PRESÍDIO: algumas vezes aparecem carcereiros sádicos…
TRABALHO: aqui no trabalho, usam nomes específicos: Gerente, Diretor, Chefe…

PRESÍDIO: você tem todo o tempo para ler piadinhas.
TRABALHO: ah, se te pegarem…

TEMPO DE PENA
No presídio, eles saem em, no máximo, 15 anos (no Brasil com menos tempo ainda).
No trabalho você tem que cumprir 35 anos, e não adianta ter bom comportamento.

Veja também

<>

Comentários

Topo