Como escolher a máquina ideal?

Muitas vezes, na hora de escolher um novo computador, ficamos na dúvida do que devemos fazer. Um Desktop ou um Notebook? 1 ou 2gb de memória? E o hd?

São muitas perguntas a serem respondidas na hora de decidir qual equipamento comprar. O importante a definir primeiro, é qual será a necessidade do novo equipamento. A maioria dos usuários de computador não utiliza os recursos da máquina em sua totalidade. Os vendedores geralmente pecam na hora de fornecer informações técnicas e específicas a respeito do que estão vendendo, e o que acaba acontecendo é que o usuário ou leva uma máquina aquém do que esperava ou uma máquina superestimada para as tarefas que irá executar.

Num ambiente doméstico, a utilização do computador varia entre o acesso a Internet para navegação, utilização do MSN, edição de textos, fotos e downloads diversos. Para executar essas tarefas, a máquina precisa ter não mais do que uma quantidade razoável de memória e um bom processador, além de um hd relativamente rápido e espaçoso. Caso o perfil do usuário seja de um gamer, aí a coisa já muda de figura, pois será necessária uma placa de vídeo com maior poder de processamento.

Definido o seu perfil de utilização, a máquina deve ser montada (ou configurada, caso seja de marca) com uma boa relação entre processamento, capacidade da memória RAM e armazenamento, pois essa proporção é que irá evitar gargalos na hora de utilizar o computador. Não adianta utilizar uma máquina com muita memória RAM se o seu processador for fraco, pois em dado momento os sistemas e softwares utilizados irão exigir mais poder de processamento e toda a memória embarcada não irá fazer o trabalho sozinha.

Da mesma maneira, se você tiver um excelente processador e pouca memória, na hora de abrir um programa pesado ou processar algum arquivo, vídeo ou imagem, a máquina vai “pedir penico”.

Para o hardware atual disponível no mercado, em se tratando de usuários domésticos, uma máquina com um Processador Intel Core Duo ou Core 2 Duo (Ou Athlon/Turion X2, equivalente da AMD), com 2Gb de memória RAM DDR-2 667mhz e um HD Sata-2 de 250gb faz um bom papel para todas as atividades envolvidas no uso doméstico. Para acrescentar a capacidade de rodar jogos atuais, basta adicionar uma boa placa de vídeo PCI-Express Off-Board (placas off-board são adicionadas “por fora”, não vindo integrada com a placa-mãe, por isso o termo empregado) com pelo menos 256mb de memória, porém, em alguns casos, os jogos irão necessitar de placas com pelo menos 512mb ou até mais para rodarem em sua capacidade máxima.

Ainda não falamos de outro detalhe importate sobre a escolha da máquina: mobilidade. Se além de todas as atividades relacionadas o usuário necessita de mobilidade, a solução realmente mais adequada é a compra de um Notebook. Hoje, temos várias opções no mercado que competem em pé de igualdade com os Desktops em relação a preço e poder de processamento. Já estão disponíveis no mercado interno máquinas com processadores de núcleo duplo, com 2gb ou mais de memória e HDs acima de 160gb girando em torno de R$1.500,00.

Para não tornar a leitura cansativa e demorada, em breve traremos um novo post mostrando os perfis mais comuns de usuário para que você encontre o seu e saiba como escolher a máquina ideal para o seu dia-a-dia. :-)

Veja também

<>

Comentários

Topo