Chefão mais difícil EVER

Um dos chefões mais filhadaputamente difíceis de jogos que enfrentei em todos os tempos da história da humanidade foi o Abigail, de Final Fight. O cara era um puta punk escrotinho metido a forte que se vestia horrivelmente, tinha um péssimo gosto para penteados e um life que mais parece uma paleta de 16 milhões de cores. Quando você achava que estava chegando na parte amarela (a última instância do life de qualquer chefe) lá vinha um verde mais claro ou um tom de cinza para foder sua alma.

Outra sacanagem master era em Ghosts and Goblins quando você matava o último chefe, ele tocava um foda-se pra você e te jogava de novo pro primeiro level, com os zumbis com o DOBRO da velocidade. Imagina que lindo era zerar isso com uma ficha só?

Mas uma puta sacanagem mesmo é isso aqui. Nem faço idéia de que jogo é esse, mas com certeza é o chefão mais filho de uma égua, apelão, desonesto, facínora e salafrário de todos os tempos:

Pior, além de enfrentar toda a munição laser já criada no universo, uma japinha com voz gasguita ainda fica enchendo seus pacovás enquanto você tenta realizar o impossível. E ainda rola uma risadinha a lá Hebe do chefe. Ah, vá tomar banho.

Kibado de Eden.

Veja também

<>

Comentários

Topo