Brasil tem a 5a pior banda larga do mundo

E você aí ainda reclamando do Rubinho Barrichello, que só chega em segundo. Confesso que não vejo nenhuma novidade no resultado dessa pesquisa, até pela pobreza do país e pelo fato de que em uma nação com dimensões continentais é muito mais difícil de prover infraestrutura.

Imaginem que o Japão tem o tamanho do estado do Mato Grosso do Sul, que é apenas um dos 27 estados brasileiros. Considerando que o Japão foi o único país considerado apto a suportar a demanda da Internet do futuro, não é de se estranhar o feito levando-se em conta que cabear com fibra ótica pouco mais de 350mil km² é muito mais fácil do que fazer isso em quase 10 milhões de km².

O que impressiona mais é que no estudo realizado pela Cisco chamado de BQS ou Broadband Quality Score, o Brasil teve a 5a pior banda larga do mundo. Na frente apenas de Chipre, China, Índia e México. Se levarmos em conta a presença dos mexicanos, da Índia e da China, podemos claramente perceber que a combinação pobreza da população x grandes dimensões do país contribuem negativamente para o desenvolvimento da infraestrutura do país como um todo, não apenas das telecomunicações.

Dos quase 9 milhões de acessos de banda larga no Brasil, mais de 45% são de no máximo 512kbps. Apenas 7% das conexões estão acima de 1mbps, padrão considerado ideal para reprodução de streaming de vídeo e demais serviços. Outra pesquisa realizada pela Comscore afirma que os brasileiros acessam sites de multimídia tanto quanto outros países mas utilizam menos o serviço por limitações na sua banda larga.

O fato é que enquanto o Governo não desenvolver a infraestrutura básica do país e a Anatel não funcionar melhor como agência reguladora e obrigar as prestadoras a fornecerem serviços de qualidade a preços acessíveis, estaremos na rabeira da tecnologia mundial. Para os próximos anos o cenário tende a piorar bastante.

Mais informações sobre a pesquisa nesse paper aqui.

Fonte: Uol Tecnologia.

Veja também

<>

Comentários

Topo