Arte feita com uma máquina de escrever

Quem é foda é foda. Uma guria de 27 anos chamada Keira Rathbone comprou uma máquina de escrever num mercado de pulgas quando estava na faculdade. O objetivo era escrever, etc. Daí que ela não encontrou nada de legal pra escrever e resolveu usar a máquina como uma ferramenta de desenho. E o resultado são essas paradas aí bem sinistras, muito melhores do que se poderia imaginar considerando a dificuldade do negócio.

Alguns diriam que isso é uma espécie de ASCII ART offline. Talvez seja. Mas vai lá fazer, pra ver como é fácil.

Via

Veja também

<>

Comentários

Topo