5 coisas irritantes nas redes sociais

1) Quem não assume o que fala: é normal ver gente falando bobagem e ao invés de ter a coragem e a humildade de se desculpar ou ter bolas pra assumir o que falou soltar pérolas como “eu tava só brincando” ou “eu estava sendo irônico” ou ainda “você quem não entende sarcasmo”. Amigo ou amiga, eu tenho algo a te dizer: esconde-esconde é brincadeira, ironia é o meu ovo direito e quem não entende sarcasmo é a sua avó surda. É fazendo merda que se aduba a vida, mas você só vai virar gente quando aprender a assumir e corrigir suas falhas;

2)  Agressão gratuita seguida de choro: a coisa mais normal do mundo de se ver pela Internet é gente que te agride gratuitamente. Deixa um comentário no teu blog ou manda um reply no Twitter te chamando de idiota, de imbecil e coisas de mais baixo nível e ao não ter o comentário aprovado ou ser bloqueado no Twitter responde com “não sabe argumentar”, “Medroso, covarde” ou “Censura, não aprovou meu comentário”. Pra você a dica é a seguinte: eu só argumento com gente. Se você vem com voadora e já começa seu “argumento’ xingando e difamando, eu vou lhe responder com meia lua para trás e três botões de soco NO MÍNIMO. Não espere passividade se você tem o mau-hábito de começar uma “conversa” com agressão;

3) Banalização do sarcasmo: sarcasmo não é pra todo mundo, infelizmente. Porém pior do que não entender sarcasmo é utilizar o santo sarcasmo em vão e ainda culpar a outra pessoa de não ter entendido sua brilhante retórica. Normalmente quando pessoas dotadas de certo nível de inteligência não entendem o seu sarcasmo, o problema não está nelas. E não, eu não estou sendo sarcástico;

4) “Nerd, gordo, não come ninguém, mora com a mãe, mimimi”: ser nerd, gordo, não comer ninguém ou morar com a mãe não fazem de mim alguém melhor ou pior. Conheço gente completamente desprezível, não sendo nerd, comendo muita gente, morando sozinho e sendo magro. Se você valoriza alguém apenas pela beleza, pelo status quo, por como e onde ela mora e ainda por cima fica dando conta do que ele faz com o próprio pinto ou pra quem ela abre as pernas, não preciso nem quero sua amizade;

5) Estereótipos escrotos da Internet: na Internet é assim, se você valoriza algo vira pagador de pau. Se você reclama é revoltadinho, rebelde sem causa e o escambau. Não se pode elogiar nada que vira jabá, você vira um vendido, etc. Se reclama quer aparecer, adora palco. Se você emite uma opinião vira cagador de regra, se fica na sua é covarde. Se você define as pessoas dessa forma quem está cagando regra é você. Quer ser ouvido, tenha seus próprios argumentos e opiniões, é muito mais fácil conquistar o seu espaço FAZENDO O SEU BEM do que CRITICANDO O DOS OUTROS. O sol nasce pra todos, a sombra é que é pra poucos.

Veja também

<>

Comentários

Topo