5 assuntos para ficar de olho em 2010

O ano de 2009 passou e muita coisa importante aconteceu. Particularmente foi um ano interessante para mim, com diversas mudanças no aspecto pessoal e no profissional. Foi o primeiro ano de vida deste blog, que conquistou um relativo sucesso principalmente entre o público geek (que é o mais exigente). Porém, 2010 começou e olhando a Internet brasileira sob uma ótica mais analítica, há algumas coisas para as quais devemos dar uma atenção especial nesse ano de copa do mundo:

1) Twitter: 2009 foi o ano do Twitter. A ferramenta, que existe oficialmente desde 2006 teve um boom extraordinário em parte pela invasão dos brasileiros (algo semelhante, mas em menor escala, ao que ocorreu com o Orkut). A grande dúvida para 2010 é se a ferramenta irá se manter estável, em crescimento e se surgirão formas efetivas de se gerar receita. Será que o sistema conseguirá suportar a carga durante a Copa do Mundo? Como o Twitter irá contribuir/influenciar nas eleições presidenciais? Aguardemos.

2) Processos contra blogueiros: quem vive no meio sabe que 2009 foi um ano difícil e que criou diversos precedentes negativos para quem bloga. Muitos foram os processados e derrotados na justiça por conta de posts criticando empresas e produtos ou até mesmo por comentários de terceiros deixados em blogs. A legislação digital brasileira ainda tem muito o que evoluir, estamos num limbo jurídico nesse aspecto e blogueiros podem acabar pagando o pato por isso.

3) Social Media: hoje em dia qualquer um que tem Twitter ou banda larga em casa pode sair por aí dizendo que é social media analyst. Já acho muita pujança dizer que é “Social Media Analyst”. Muito fru-fru pra um termo tão simples E que existe em português. 2010 tem tudo pra ser um ano melhor para os blogs nesse aspecto, que ainda não são valorizados como uma boa fonte de divulgação e mídia como poderiam ou deveriam ser. Torçamos para que isso se concretize e que o mercado de Mídias Sociais se estabilize, com os bons profissionais e campanhas destacando-se em meio a multidão de “especialistas”.

4) Google Wave: pra quê serve? O que come? Vai vingar? Uma das ferramentas mais aguardadas do Google em 2009 ainda não disse a que veio. Por enquanto é apenas um cliente de e-mail lento e feio. Mas o potencial existe e resta saber como o Google irá explorar isso em 2010, se é que vai. Pelo menos no Brasil, as limitações ainda são maiores por conta da qualidade da nossa banda larga. Veremos se essa onda pega (eu acho que ainda demora mais um pouco).

5) Banda Larga: no Brasil, expandiu-se bastante em 2009, a qualidade das conexões 3G melhorou um pouco mas ainda continua péssima. Cidades grandes possuem prestadoras que atendem ou não pessoas que moram na mesma rua. A qualidade da infraestrutura instalada é sofrível. Mesmo em locais onde há disponibilidade para bandas acima de 10Mbits os serviços são instáveis e o atendimento ao consumidor é patético. O cenário em 2009 foi menos pior que em 2008, a expectativa é de que com o aumento da concorrência e opções os serviços melhorem e a qualidade da banda, assim como sua velocidade cresça em 2010.

Concorda? Discorda? Comente.

Veja também

<>

Comentários

Topo